Sunday, July 24, 2005

Indignação

Era aquele um marido exemplar,
Um modelo de pai e namorado.
Homem franco, bondoso e honrado.
Um herói, o orgulho do seu lar.

Vaidoso, preparou o terno preto,
Lustrou bem cuidadoso a bengala.
Foi à missa no seu traje de gala
E, indo, viu a banda no coreto.

Rezou, sentou, levantou e saiu.
Chegou à casa e viu, como era moda,
A mulher com um moço em laço vil.

Parou. Refletiu. Tirou o chapéu.
Girou a bengala e bradou ao céu:
"Puta que pariu! Essa vida é foda!"

1 Comments:

At 8:27 PM, Anonymous *scila-chan* said...

Hauahauahau, tah massa esse tb ^^!!!
bjaum =*

 

Post a Comment

<< Home